JURA EM PROSA E VERSO

TUDO SOBRE...

TUDO SOBRE O RIO SÃO FRANCISCO

Outras denominações:

NILO BRASILEIRO por atravessar o sertão semi-árido do Nordeste;

RIO DA UNIDADE NACIONAL pois seu vale se constitui numa verdadeira estrada de interligação entre o Nordeste açucareiro(Zona da Mata Nordestina) e o Centro Sul minerador (Minas Gerais);

RIO DOS CURRAIS porque, nos primórdios do povoamento, ao longo do vale, havia muitas pousadas para o gado.

VELHO CHICO -Modo carinhoso da população ribeirinha denominar o seu rio.

././././././././.

Com uma extensão de 2.700km o Rio São Francisco nas ce na Serra da Canastra, no Estado de Minas Gerais... corre no sentido sul-norte até perto de Barra, onde passa a rumar para o Nordeste e atinge a cidade de Cabrobó, onde toma o rumo Sudeste até sua embocadura no Oceano Atlântico, em Penedo-Alagoas.

A bacia do São Francisco localiza-se na região Centro-Leste do Brasil, compreendendo uma área de 641.000km2, abrangendo parcialmente 372 Municípios em sete Unidades da Federação, sendo que, 84 da bacia se encontra nos Estados de minas Gerais e Bahia, estando os restantes 16% distribuídos pelos Estados de Pernambuco, alagoas e Sergipe, bem como pequenas parcelas dos Estados de Goiás e Distrito Federal.

No Rio São Francisco estão situados a Represa TRÊS MARIAS, em Minas Gerais e o Parque Nacional de Paulo Afonso, na Bahia, além da barragem de Sobradinho, também na Bahia. Outras Usinas localizadas no Rio São Francisco: ITAPARICA, MOXOTÓ(na Bahia) E XINGÓ(em Sergipe).

O Rio São Francisco é um rio de planalto, portanto, encachoeirado. seu trecho navegável vai de Pirapora (em Minas Gerais) a Juazeiro (na Bahia).

Algumas cidades mais importantes das margens do Rio São Francisco: PIRAPORA e JANUÁRIA (em Minas Gerais); BARRA e JUAZEIRO DA BAHIA (Bahia);  PETROLINA (Pernambuco); PAULO AFONSO (Bahia), PROPRIÁ (Sergipe), e PORTO REAL e PENEDO (Alagoas).

DE ONDE VEM O NOME RIO SÃO FRANCISCO?   O Rio São Francisco foi descoberto por André Gonçalves e Américo Vespúcio em 04 de outubro de 1501, dia de São Francisco de Assis, daí sua denominação.

A primeira figura ilustre a visitar o Rio São Francisco foi D. Pedro II, que em 1859 chegou a Piranhas(Alagoas) de navio, e dalí seguiu para Paulo Afonso (Bahia).

Em 1890 o Presidente Deodoro da Fonseca autorizou o uso do potencial hidrelétrico do "Velho Chico" e em 25 de janeiro de 1913 o empresário cearense DELMIRO AUGUSTO DA CRUZ GOUVEIA, num feito pioneiro, instala uma hidrelétrica em Pedra (Pernambuco) com capacidade de geração de 1.500HP, destinada a movimentar sua fábrica de linhas, cujas máquinas importara da Inglaterra.

Durante o governo de Epitácio Pessoa(1919-1922) têm início os estudos para o aproveitamento da cachoeira de Paulo Afonso(Bahia) o que aconteceu em 1921. aliás, a era Epitaciana foi de extrema importância para o aproveitamento hídrico do Nordeste brasileiro.

Em 1943 Apolônio Sales inicia campanha para o aproveitamento hidrelétrico daquela região (Nordeste) compreendendo a construção de uma usina-piloto, que tinha como finalidade auxiliar as obras da usina hidrelétrica propriamente dita. 

No dia 31 de outubro de 1945 o presidente Getúlio Vargas assinava os Decretos nº 8031 e nº 19706 autorizando o Ministério da Agricultura a criar a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (CHESF), sendo que a primeira Diretoria dessa Empresa foi eleita em 15 de março de 1948, em Assembléia Geral daquela Empresa. 

Em 25 de março de 1949 foram iniciadas as obras de Paulo Afonso, cujo projeto definitivo foi aprovado em julho. Assim, se iniciavam  as extensas obras de  de infra estrutura energéticas no Nordeste.. a CHESF estendeu-se por 1021km, por vários estados da região, em 1956. 

Os benefícios da energia elétrica de Paulo Afonso chegaram a Fortaleza em 1° de dezembro de 1965, através de um ramal de transmissão de 652km de extensão, mercê do empenho do então governador Virgílio Távora.

Com as benesses proporcionadas pela energização de Paulo Afonso, o Nordeste Brasileiro experimentou um surto de crescimento industrial. Isso e o aumento da demanda decorrente do crescimento demográfico e do surgimento de projetos de irrigação, fazia com que outras usinas fossem sendo instaladas no rio São Francisco e noutros rios, como a de Boa Esperança no Rio Parnaíba(Guadalupe-PI),  e se integrassem à de Paulo Afonso, num processo de interligação energética que relacionamos a seguir,  com as respectivas datas e potências:

1) Usina-Piloto - Terminada em Setembro de 1949 - Potência instalada: 2000kw.

2) Paulo Afonso I: Inaugurada em 15 de janeiro de 1955 pelo presidente João Café Filho.Potência Instalada: 180.000 kw.

3) Paulo Afonso II: (1ª Etapa) Inaugurada em janeiro de 1965 pelo presidente Humberto de Alencar Castelo Branco. Potência Instalada: 225.000kw.

4) Paulo Afonso II (2ª Etapa) Inaugurada em março de 1968 pelo presidente Artur da Costa e Silva. Potência instalada: 255.000kw.

5) Boa Esperança (1ªEtapa) Inaugurada em 07 de abril de 1970 pelo presidente Emílio Garrastazu Médice. Potência Instalada: 108.000kw.

6) Paulo Afonso III - Inaugurada em 08 de agosto de 1972 pelo presidente Emílio Gastarrazu Médice. Potência Instalada 864.000kw.

7) Apolônio Sales (Moxotó) - Inaugurada em 28 de maio de 1978 pelo presidente Ernesto Geisel Beckman. Potência instalada: 940.000kw.

8) Sobradinho - Inaugurada em 27 de junho de 1980 pelo presidente João Baptista de Oliveira Figueiredo. Potência Instalada: 1.050.000kw.

9) Paulo Afonso IV: Inaugurada em 20 de novembro de 1980 pelo presidente João Baptista de Oliveira Figueiredo. Potência instalada: 2.460.000kw.

10) Luiz Gonzaga (Itaparica) - Inaugurada em 09 de setembro de 1988 pelo presidente José Sarney . Potência instalada: 1.500.000kw.

11) Boa Esperança (2ªEtapa) - Inaugurada em janeiro de 1989 pelo presidente José Sarney. Potência Instalada: 126.000kw.

12) Xingó - Inaugurada em dezembro de 1994 pelo presidente Itamar Augusto Cauiero Franco.

 

A criação da CHESF é, assim, um marco importante no desenvolvimento da Região Nordeste e no aproveitamento do maior rio nacional, o Rio São Francisco. Este aproveitamento transformou-se no polo gerador de energia para múltiplas finalidades, e as barragens serviram como acumuladores de água para irrigação.

Para planejar e executar a irrigação do vale do Rio São Francisco foi criada a CODEVASF.