JURA EM PROSA E VERSO

TUDO SOBRE...

TUDO SOBRE CÂNCER DA PELE

O QUE É:

- Câncer da Pele é o crescimento anormal e descontrolado das células que compõem a pele. estas células se dispõem formando camadas e, dependendo da camada afetada, teremos os diferentes tipos de câncer. os mais comuns são os carcinomas basocelulares, espinocelulares e melanomas.

- Dos tumores existentes, o câncer de pele é o mais freqüente. Muitos deles poderiam ser evitados, se medidas de prevenção fossem aplicadas, em tempo apropriado, permitindo assim, a cura. 

O QUE CAUSA:

- A radiação ultravioleta é a principal responsável pelo desenvolvimento do câncer da pele.

- Ela se concentra nos raios solares e nas cabines de bronzeamento artificial.

- a exposição excessiva e prolongada ao sol contribui não só para o risco no desenvolvimento do câncer, como também no envelhecimento precoce da pele.

- É importante lembrar que o efeito da radiação é cumulativo, ou seja, mesmo depois de parar de tomar sol, as alterações da pele podem se manifestar anos depois.

COMO RECONHECER OS SINAIS PRECOCES:

- Um crescimento na pele de aparência elevada e brilhante, translúcida, avermelhada, castanha, rósea ou multicolorida.

- Uma "pinta" preta ou acastanhada que muda sua cor, textura, torna-se irregular nas suas bordas e cresce de tamanho.

- Uma "mancha" ou ferida que continua a crescer, apresentando coceira, crostas, erosões ou sangramento.

QUEM TEM CHANCE DE DESENVOLVER

- Qualquer individuo pode ser acometido pelo câncer da pele, principalmente os que apresentam pele, olhos e cabelos claros, que sempre se queimam e nunca se bronzeiam.

- Ruivos e portadores de sardas.

- Os indivíduos que se expõem ao sol por tempo prolongado e os que possuem história familiar de tumor de pele.

COMO SE PREVENIR:

- Examinando sua pele regularmente e reconhecendo os sinais precoces de tumor.

- Protegendo-se dos raios solares através do uso de roupas e/ou filtros solares adequados.

- Não se esqueça de que a radiação solar é mais intensa entre 10h e 16h.

REGRAS DO SOL PARA CRIANÇAS

- Não use filtro solar em bebês até 6 meses de idade. Mantenha-os fora do sol. assegure-se de que há sombra total nos carrinhos e na cadeirinha do carro. quando sair à rua, use sempre sombrinhas para o sol.

 Para crianças de 6 meses ou mais:

- EVITE O SOL ENTRE 10H E 16H, QUANDO A RADIAÇÃO SOLAR É MAIS INTENSA.

- PROTEJA A CRIANÇA COM CHAPÉUS E ROUPAS. UM BOM CHAPÉU DE SOL DEVE PROTEGER AS ORELHAS, NARIZ E LÁBIOS.

- APLIQUE FILTRO SOLAR COM   FPS 15   OU MAIS, EM TODO O CORPO DO SEU FILHO.

- REAPLIQUE O FILTRO SOLAR A CADA DUAS HORAS, PRINCIPALMENTE QUANDO ELE FOR À ÁGUA OU TRANSPIRAR MUITO.

- ALGUNS REMÉDIOS FAZEM COM QUE A PELE FIQUE MAIS SENSÍVEL AO SOL. QUANDO O PEDIATRA PRESCREVER ALGUMA MEDICAÇÃO, PERGUNTE SE O SOL DEVE SER EVITADO.

- NÃO SE ENGANE COM OS DIAS NUBLADOS. OS RAIOS SOLARES PERIGOSOS ATRAVESSAM AS NUVENS E A NEBLINA.

CUIDADO COM A LUZ REFLETIDA. A LUZ DO SOL REFLETE NA AREIA, NA NEVE, NO CONCRETO E NA ÁGUA, ATINGINDO A PELE MESMO NA SOMBRA.

FONTE: Informativo da Sociedade Brasileira de Dermatologia -TEXTO EXTRAÍDO DO JORNAL DO MAÇOM -NOV/DEZ 2002- DA GRANDE LOJA MAÇÔNICA DO ESTADO DA BAHIA