JURA EM PROSA E VERSO

 

 JURA EM PROSA E VERSO

 

 

 

TUDO SOBRE

 

 

 

 

Como dessalgar o peixe seco/salgado em casa

 

 

PeixeSecoCaboVerde

 

A forma como é feito o dessalgue do peixe seco é um fator muito importante a ter em conta, pois influencia na qualidade e segurança do peixe a ser consumido. Por este motivo, a Agência de Regulação e Supervisão dos Produtos Farmacêuticos e Alimentares (ARFA) dá-lhe algumas dicas de como dessalgar o peixe seco/salgado, a ser consumido no dia de comemoração das cinzas, seguindo as seguintes etapas:

1º - Colocar o peixe sob água corrente, durante tempo suficiente, de forma a eliminar o sal superficial;

2º - Colocar o peixe dentro de um recipiente com água (2/3 de água e 1/3 de peixe), tapar e levar ao frigorífico;

3º - Trocar a água frequentemente (conforme se indica abaixo).

O tempo médio para a dessalga e a frequência da troca da água dependem da grossura das postas (ou lombos) do peixe, sendo que:

·        Postas médias: 24 horas (troca da água a cada 6h);

·        Postas grossas: 40 horas (troca da água a cada 8h);

·        Postas muito grossas: 48 horas (troca da água a cada 8h).

A dessalga do peixe deve ser realizada em frigorífico, de forma a garantir que este fique tenro e consistente, evitando também a sua putrefação, com a apresentação de mau cheiro e alteração da cor do produto.

O processo de dessalgue do peixe seco/salgado também pode ser feito de uma forma mais rápida, devendo se proceder da seguinte forma:

1º - Cortar o peixe em postas;

2º - Colocar sob água corrente, durante tempo suficiente, de forma a eliminar o sal superficial;

3º - Numa panela, colocar o peixe submerso em água e levar ao lume até a fervura;

4º - Escorrer a água e imediatamente escaldar em água fria;

5º - Se necessário, repetir a operação de fervura e escaldamento.

 

A ARFA deseja-lhe bom apetite!

 

2ª DICA

 

Saiba como dessalgar bacalhau de forma rápida

Um dos segredos para ter um peixe macio e consistente é deixá-lo de molho dentro da geladeira. 

Parte inferior do formulário

Em primeiro lugar, retire o excesso de sal. Para isso, coloque o bacalhau, seja ele em postas ou desfiado, dentro de uma vasilha embaixo de um fio de água corrente por 10 minutos.

O processo de dessalgue deve continuar dentro da geladeira, mas não se preocupe, o peixe não exala cheiro quando está imerso em água gelada e ainda fica macio e consistente. Se for dessalgado fora da geladeira, o bacalhau vai exalar cheiro forte, podendo até pré-cozinhar e estragar nos dias mais quentes.

O tempo de dessalgue depende do tamanho das postas. O ideal é trocar a água de 6 em 6 horas, deixando de 24 a 42 horas de molho, sempre com a pele virada para cima. Se o bacalhau estiver em lascas grandes, troque a água de 3 em 3 horas, durante 6 e 9 horas. 

Lembre-se, o bacalhau em lascas dessalga muito rápido, dependendo do tamanho da lasca e da quantidade de água. Uma dica importante: se o bacalhau ficou mais salgado do que o esperado, deixe-o de 20 a 30 minutos de molho em leite fervente.

Dessalgue rapidamente

Se você não dispõe de no mínimo 24 horas para dessalgar um bacalhau, uma opção é colocar o bacalhau em postas em baixo de um fio de água corrente durante 12 horas. Se o tamanho das postas for menor, o tempo de dessalgue é mais rápido.

Você também pode levar o bacalhau ao fogo em uma panela com bastante água. E quando ela começar a ferver, acrescente entre 2 a 4 colheres de sopa de sal, variando conforme a quantidade de bacalhau. Assim que a água voltar a ferver, escorra e escalde a iguaria em água fria e torne a levar ao fogo com bastante água fria, agora sem sal, para dar uma nova fervura e não para cozinhar.