JURA EM PROSA E VERSO

TUDO SOBRE...

TODO SOBRE... COMO ANALISAR UM CARRO USADO, ANTES DE COMPRÁ-LO

Como analisar um carro usado antes de comprá-lo

Equipe Sabido

Você está de olho naquele carro usado? Antes de se decidir por comprá-lo, veja no passo a passo os principais procedimentos a serem realizados. É o melhor jeito de evitar futuras dores de cabeça.

Passo a passo:

1.Carroceria

1.1 Verifique a pintura durante o dia e observe se não existem diferenças de tonalidade, pontos de ferrugem e respingos de tinta na carroceria. Passe um imã pela lataria para certificar-se de que não existem massas plásticas ou ferrugem no carro ou bata com a mão por toda a lataria e preste atenção na diferença de som.

1.2 Compare os dois lados do carro e certifique-se de que não há espaço entre as portas e as colunas.

1.3 Verifique a distância entre as 4 rodas e os pára-lamas. Devem ser iguais. Caso contrário, a suspensão pode estar danificada.

1.4 Abra o capô e procure emendas de pintura nos pára-lamas. Compare também a tonalidade dos faróis. Se um tiver um tom mais escuro do que o outro, pode significar troca de peça e uma eventual batida.

1.5 Feche o capô, porta-malas e as portas e veja se fecham adequadamente, encaixando totalmente na carroceria.

1.6 Carroceria arriada na frente ou atrás indica que as molas da suspensão estão comprometidas.

1.7 Teste os amortecedores. Balance a carroceria, empurrando-a para baixo. O carro, caso esteja com amortecedores em bom estado, deve oscilar uma ou duas vezes no máximo.

1.8 Certifique-se de que os eixos estão perpendiculares à carroceria. Batidas fortes costumam desalinhar os eixos.

1.9 Analise cuidadosamente os pneus.

2. Carro em movimento

2.1 Veja se o carro está com a direção alinhada e as rodas balanceadas. Para verificar o alinhamento, quando estiver em uma reta, solte o volante do carro em movimento e veja se a direção puxa o carro para um dos lados. Em caso afirmativo, o carro pode estar desalinhado. O balanceamento está comprometido, quando em alta velocidade o volante começa a trepidar.

2.2 Freie bruscamente o carro algumas vezes e preste atenção a qualquer ruído, volante trepidando ou direção puxando para o lado. Esses sintomas indicam problema no sistema de freios. Verifique também o pedal, caso esteja muito duro, pode ser problema no sistema hidrovácuo.

2.3 Troque todas as marchas e veja se não estão com dificuldades no engate ou arranhando.

3. Motor

3.1 Com o carro parado, ligue o motor e dê algumas aceleradas fortes. Preste atenção nos ruídos provenientes do motor. Batidas metálicas podem significar necessidade de retifica.

3.2 Verifique também, ao acelerar o carro (parado), se muita fumaça está saindo pelo escapamento. Em caso afirmativo, o carro pode estar com vazamento de óleo ou o motor pode estar comprometido.

3.3 Abrindo o capô, veja se os pólos da bateria não estão com muita sujeira acumulada e se as mangueiras (sistema de arrefecimento) não estão ressecadas. Verifique também se há ferrugem no radiador, sinais de óleo no bloco do motor, juntas do cabeçote, cárter, etc. Todos esses são sinais de descuido com o carro e podem significar vazamentos ou problemas de refrigeração.

4. Pneus

4.1 Vire o volante do carro e verifique se os pneus estão gastos de forma irregular. Pode ser sinal de desalinhamento, falta de balanceamento ou problema na suspensão (buchas e bandejas).

5. Analisando o carro por dentro

5.1 Verifique o funcionamento: faróis, trio elétrico, limpadores de pára-brisa, pisca-pisca, luz de freio, buzina, velocímetro, pisca-alerta, etc.

5.2 Veja se os bancos não estão rasgados, furados ou manchados.

5.3 Tire os tapetes e veja se há marcas de ferrugem ou umidade no assoalho. Podem significar problemas de vedação nas borrachas de vidros e portas.

5.4 Confirme se o carro está com todos os equipamentos de segurança em ordem: extintor, cintos de segurança, triângulo, chave de roda, estepe e macaco.

5.5 Compare o estado de conservação do carro (borracha dos pedais) com a marcação de quilometragem registrada no velocímetro para ver se não há indícios de quilometragem adulterada.

6. Documentação

6.1 Antes de mais nada, verifique se o carro não é roubado. Compare o número do chassi com os vidros ou através do documento do veículo. Verifique se não há sinais de raspagem no número do chassi.

6.2 Exija os documentos originais do veículo.

6.3 Verifique se os documentos do carro estão em dia e devidamente pagos. Cheque as multas do carro.

6.4 O vendedor deve assinar o Certificado de Registro com firma reconhecida em cartório. A transferência do carro deve ser efetuada em 30 dias.

6.5 Se estiver comprando um carro importado, exija a quarta via de importação.