JURA EM PROSA E VERSO

TEXTOS DE CONTEÚDO MORAL E/OU EDUCATIVO

Significado do Holocausto

O que é Holocausto:

Holocausto foi uma ação sistemática de extermínio dos judeus, em todas as regiões da Europa dominadas pelos alemães, nos campos de concentração, empreendida pelo regime nazista de Adolf Hitler, durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

A palavra holocausto é de origem grega holos (todo) e kaustro (queimado). Do hebraico Shoá (a catástrofe).

Originalmente, o termo holocausto era utilizado para nomear uma espécie de sacrifício praticado pelos antigos hebreus, em homenagem aos deuses, em que a vítima era totalmente queimada.

Causas do holocausto

O ponto fundamental do nazismo era o racismo, segundo essa ideologia, os alemães pertenciam a uma raça superior, a ariana, que sem se misturar a outras raças, deveria comandar o mundo. Os judeus eram considerados seus principais inimigos.

Os judeus foram as principais vítimas da paranoia dos ideólogos nazistas, que os responsabilizavam pelo caos em que a Alemanha vivia depois da Primeira Guerra Mundial e dos tratados de paz. Além disso, Hitler e seus seguidores defendiam a tese de que os judeus eram de uma raça inferior e deviam ser eliminados.

O grande teórico do anti semitismo (conjunto de ideias e sentimentos hostis aos judeus) foi Alfred Rosenberg  e Joseph Goebbels, ministro da Propaganda, seu maior divulgador. As leis contra os judeus cresceram à medida que os nazistas dominaram o poder.

Extermínio dos judeus

Com a Segunda Guerra Mundial, os alemães passaram ao extermínio dos judeus, seguindo métodos científicos. A estratégia de extermínio programado levou à morte cerca de 6 milhões de pessoas nos campos de concentração, sem contar as que morreram nos guetos (cidades dominadas pelos nazistas, cercadas de altos muros e arames farpados, destinada ao confinamento dos judeus).

Nos campos de Auschwitz, na Polônia, em apenas três dias, foram assassinados, nas câmaras de gás e cremados 22 mil judeus. Entre vários outros campos que lembram o horror do genocídio estão: Dachau e Buchenwald, na Alemanha e Treblinka na Polônia.

Com o enfraquecimento da Alemanha, no dia 27 de janeiro de 1945, os soviéticos chegaram ao campo de Auschwitz, onde libertaram os primeiros prisioneiros. Esse dia é hoje o "Dia Internacional de Lembrança do Holocausto".

Três Histórias heroicas e inspiradoras sobre o Holocausto

 

Apesar de haver histórias bastantes divulgadas sobre o Holocausto, estudadas por historiadores em todo o mundo, como é o caso de Anne Frank, há heróis pouco conhecidos, cujas histórias vale a pena conhecer.

Oskar Schindler, da realidade para o cinema

Oskar Schildler foi um empresário alemão que viveu entre 1908 e 1974. Schindler era espião e membro do Partido Nazi, mas que acabou por salvar mais de 1200 judeus da morte durante o Holocausto, empregando-os em suas fábricas de munições situadas na Polônia e República Tcheca. Schindler gastou toda a sua fortuna subornando os oficiais das SS para poupar os seus funcionários judeus das câmaras de gás e, após a guerra, já em bancarrota, foi ajudado financeiramente pelos judeus que salvou.

oskar schindler

A história de Oskar Schindler deu origem a um livro e ao filme A Lista de Schindler, realizado por Steven Spielberg e vencedor de 7 Oscars.

Eugene Lazowski, o médico que inventou doentes

Eugene Lazowski foi um membro da Cruz Vermelha na Polônia no período do Holocausto. Morando perto de um gueto de judeus em Rozwadow, o Dr. Lazowski tratou muitos doentes às escondidas durante a noite. Mas o médico polaco teve uma ideia para salvar os seus compatriotas judeus, convencendo o exército nazi de que Rozwadow estava afetado por uma epidemia de tifo, assustando os oficiais alemães, que colocaram a região em quarentena. Lazowski conseguiu, desta forma, salvar cerca de 8000 conterrâneos de serem enviados para campos de concentração.

Nicholas Winton, o herói desconhecido

Nicholas Winton foi um herói britânico que viveu entre 1909 e 2015. Winton planeou e organizou o resgate de 669 crianças judias da antiga Tchecoslováquia antes delas serem enviadas para campos de concentração nazistas em 1939. Nesta operação, Winton conseguiu encontrar casa para estas crianças e planejou o seu transporte de forma segura para a Grã Bretanha. A sua história foi mantida em segredo durante 40 anos, até que sua esposa encontrou um álbum antigo, fotos e documentos que revelaram o seu segredo. Winton é muitas vezes referido como o Schindler britânico.

auschwitz, holocausto

Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto é comemorado anualmente em 27 de janeiro, pois em 1945 foi neste dia que aconteceu a libertação do campo de concentração de Auschwitz, considerado o mais importante campo de concentração do regime nazista.