JURA EM PROSA E VERSO

TEXTOS DE CONTEÚDO MORAL OU EDUCATIVO

A CARROÇA DE FRUTAS

A carroça de frutas, completamente desgovernada, rolou barranco abaixo, e seu condutor, o jovem Al Eitta, por muita sorte, sobreviveu. Os cavalos escaparam e nunca mais foram encontrados.

A carroça ficou praticamente irreconhecível. Grande parte das economias de seu pai ali se perderam. Algumas pessoas passavam pelo local e socorreram o jovem.

No dia seguinte, os pedaços da carroça estavam recolhidos e amontoados em frente à sua casa... Seu pai e ele chamaram o ferreiro:

- Não há mais conserto. O que pagariam pelo conserto daria para comprar duas carroças novas - disse o homem.

Depois de algumas semanas, o homem voltou e trouxe a carroça reformada.

- Meu pai, não posso esconder minha estranheza. Não o vi enfurecido pela destruição da nossa carroça e, muito menos ainda, pela perda das nossas economias.

- Al Eitta - disse o pai - eu não me zanguei porque a nossa vida vale muito mais do que a vida da nossa carroça. Dei uma carroça velha pela vida do meu filho!

- Sim, entendo... mas mesmo assim... por que um reconhecido comerciante como o senhor, meu pai, aumentaria o seu prejuízo material gastando o equivalente a duas carroças novas para reformar uma que já havia sido destruída?

- Para que você visse, Al Eitta, que por mais que a nossa carroça venha a se despedaçar, nós sempre poderemos consertá-la; porém, se a nossa falta de prudência arrancar uma unha sequer do menor dos nossos dedos, nem com todo o dinheiro nós poderíamos devolvê-la ao seu lugar.

E entre destruir-se a nossa carroça, destruirem-se os nossos dedos ou, o que seria pior, destruir-se o nosso afeto, eu prefiro sempre que nos ocupemos com o que é mais importante.

A partir daquele dia, Al Eitta, o filho, mudou três coisas na sua vida:

* o seu modo de dirigir carroças...

* o seu modo de dirigir os negócios...

* e o seu modo de valorizar as coisas da vida...

(Se você conhece a autoria desta reflexão, por favor envie-me por e-mail para que eu possa dar crédito à mesma.)