JURA EM PROSA E VERSO

RECEITAS DE DAR ÁGUA NA BOCA

BEIJU DA RAINHA (Katita)

 

2 XÍCARAS GOMA

1/2 XÍCARA DE ÁGUA

1 COLHER DE SAL DE SAL

(Quantidade para fazer e a 6 beijus)

 

Pra beber, em fui de suco de pera Ades, mas prefiro café preto.

  Misture tudo com os dedos, não se assuste com a textura de difícil homogeinização, é assim mesmo. Leve a frigideira seca ao lume e quando estiver bem quente, peneire a mistura ali. Imediatamente a massa de aglutinará formando deliciosos beijus, que você pode comer simplesmente com manteiga, à maneira do papai, ou rechear com o que der na telha.

Hoje fiz recheio napolitano (com queijo, presunto, tomate e kümmel - porque o orégano acabou) e uma versão doce com a minha geléia preferida (amora) e aquele provolone de copo processado Regina, que é uma delícia.





 

 

 

OBSERVAÇÕES: Trata-se de uma forte memória gastronômica paterna, esta. Meu pai, o Seu Walter, era grande ás do beiju.

Esse nome varia de lugar para lugar, e até mesmo aqui no nordeste, há lugares onde o beiju atende por tapioca. Aí pras bandas do Sul e Sudeste, eu já não sei...

Consiste numa mistura de goma, ou fécula de mandioca, com água e sal. Se você misturar 2 xícaras de chá de goma, 1/2 de água e 1 colher de chá de sal, terá massa para 5 a 6 beijus.