JURA EM PROSA E VERSO

RECEITAS DA COZINHA BRASILEIRA

 Pato no Tucupí

 

O tucupí, o ingrediente mais conhecido, é um caldo extraído da mandioca (tipo de raiz), considerado venenoso se ingerido crú, porém, fervido e temperado, dá um sabor especial aos pratos mais famosos da culinária paraense.

1 pato limpo

1 cebola picada

3 dentes de alho amassados

sal a gosto

pimenta do reino a gosto

óleo

3 litros de tucupí

3 maços de folhas de jambú

 

  Tempere o pato com cebola, o alho, o sal e a pimenta. Coloque-o em uma assadeira com um pouco de óleo. Leve ao forno e deixe até dourar. Retire do Forno e corte em pedaços. Coloque o pato numa panela com o tucupí já fervido. Leve ao fogo e cozinhe até ficar macio. Se estiver muito seco, adicione mais tucupí. Acrescente então a folhas de jambú limpas, e deixe cozinhar até os talos ficarem bem macios. Sirva acompanhado de arroz branco e farinha de mandioca.

Obs.: O tucupí deve ser fervido com alho, chicória, alfavaca e sal. Nas feiras livres o tucupí e vendido engarrafado. Para usá-lo, ferva-o com os temperos. Jambú é uma erva de folhas parecida com as do mal-me-quer, muito usado na cozinha paraense.

Indicação: 6 a 8 porções