JURA EM PROSA E VERSO

POESIAS E TROVAS POPULARES

SERÁ QUE VOCÊ É MENOS VIOLENTO DO QUE EU ?

 

SOU VIOLENTO QUANDO JULGO O PRÓXIMO

QUANDO FALO DE CIMA

QUANDO PRATICO DESAMOR.

 

SOU VIOLENTO QUANDO VIVO EM DISPUTA

QUANDO NÃO ACEITO CONTESTAÇÃO

QUANDO NÃO GANHO DA MINHA VAIDADE.

 

SOU VIOLENTO QUANDO CALO O PROTESTO

QUANDO ME ENGANO

QUANDO FUJO DE MIM.

 

SOU VIOLENTO QUANDO SÓ QUERO O MELHOR PARA MIM

QUANDO NÃO OLHO PARA OS NECESSITADOS

QUANDO ACUMULO PATRIMÔNIO DESNECESSÁRIO.

 

SOU VIOLENTO QUANDO EXCEDO NA DIREÇÃO DO CARRO

QUANDO USO A CLASSE SOCIAL

QUANDO ERGO MUROS DE DEFESA.

 

SOU VIOLENTO QUANDO DIGO O QUE PENSO

ESPERANDO APLAUSOS PELO QUE DIGO

QUANDO NÃO ESTOU APRIMORANDO O AMOR AO PRÓXIMO.

 

SOU VIOLENTO QUANDO USO A INTELIGÊNCIA RECEBIDA

ESPECULANDO SEM PRODUZIR

DIZENDO QUE A CULPA É DO SISTEMA.

 

SOU VIOLENTO QUANDO PENSO SER ISTO TUDO,  APENAS DEFEITO DOS OUTROS.

Autor: ARTUR DA TÁVOLA