JURA EM PROSA E VERSO

POESIAS E TROVAS POPULARES


SEPULCRO O PASSADO (Caio Amaral)


Sepulto em mim a dor de sonhos antigos
Na memória, a lembrança de bons amigos
Reacende em mim esperanças futuras
Deixo ao passado todas cruéis agruras

Reato esperanças de uma nova vida
A aurora me surge bela e garrida
Glória e paz ao meu novo alvorecer
Feliz e radiante! Sempre hei de vencer!

A tristeza fará parte do passado
O efeito das mágoas e desilusões
Ao ralo do tempo estará destinado

Nunca mais vestirei o manto da dor
Será esta a minha solene promessa
Neste coração só habitará o amor