JURA EM PROSA E VERSO

POESIAS E TROVAS POPULARES

Rádio Pirata do Meu Coração  (Nathan de Castro Ferreira Júnior)

 

Ninguém sabe a paixão que anda comigo,

quando a saudade estende a sua mão...

Vazio é pouco para o verso amigo,

nesses tolos momentos de emoção.

 

Finjo que é nada, mas no peito eu ligo:

rádio pirata do meu coração...

Por tanto amor, talvez encontre abrigo

na música que exalta a solidão.

 

Mas só encontro samba, rock e frevos

que falam de esperança aos meus projetos

tão pobres, tão silêncios, tão sem trevos...

 

Não tenho a sorte, nem sei de amuletos!

Somente sonhos e esse mar de enlevos

levando em ondas turvas os meus sonetos!