JURA EM PROSA E VERSO

POESIAS E TROVAS POPULARES

AINDA ONTEM...(Autora: Ilka Bosse )

I

Ainda ontem...

Acariciava o tempo

Alimentava sonhos

Brincava de viver

Acreditava nas desenvolturas

Perdia tempo com loucuras

Desperdiçava conversação

Criava meu mundo de ilusões

Conquistando corações.

II

Ainda ontem...

Nas asas da loucura

Ultrapassei limites

Nada levando a sério

Nada era mistério

Projetos?

Escorriam pelo tempo

Gastando vida à toa

Romances?

Jogava-os ao vento

Fazendo ferver minha juventude,

Errar era uma virtude.

III

Ainda ontem...

Ultrapassava o futuro,

Nada podia me deter

Opinava, discordava,

Descartava o melhor,

Imobilizando sorrisos

Congelando o pior

Qual oásis no deserto

Via a tristeza chegar mais perto

Não havia medo do tédio

O perigo era assédio

Só queria ter o poder

De livremente viver.

IV

Ainda ontem...

Já é hoje ou amanhã?

Sou jovem, sou mulher,

Sou mãe, avó ou anciã?

Pra trás ficou o tempo

Que acariciava

Induzia, precedia, convidava,

De mil maneiras

A brincar com a vida

A driblar o viver

Fazer acontecer.

V

Oxalá! Ficou presente,

O presente...

Desejo inevitável

Do querer refazer o passado

Neste instante ou quem sabe,

AINDA ONTEM!