JURA EM PROSA E VERSO

POESIAS E TROVAS POPULARES

A Flor do Maracujá (Fagundes Varela )

I

Pelas azuis borboletas

Que descem do Panamá,

Pelos tesouros ocultos

Nas minas do Sincorá,

Pelas chagas roxeadas

Da flor do maracujá!

II

Pelo mar, pelo deserto,

Pelas montanhas, sinhá!

Pelas florestas imensas

Que falam de Jeová!

Pela lança ensangüentada

Da flor do maracujá

III

Por tudo que o céu revela!

Por tudo que a terra dá,

Eu te juro que minh’alma

De tua alma escrava está!...

Guarda contigo este emblema

Da flor do maracujá!

IV

Não se enojem teus ouvidos

De tantas rimas em - a -

Mas ouve meus juramentos,

Meus cantos ouve, sinhá!

Te peço pelos mistérios

Da flor do maracujá!