JURA EM PROSA E VERSO

PAIS E FILHOS - RELACIONAMENTO

DEZ ERROS NA EDUCAÇÃO ALIMENTAR

1. Dizer sempre sim. A criança sem limites vai abusar das calorias e das guloseimas. Devemos ter um dia por semana, e situações, em que podemos ser mais liberais.

2. Lanches fora de hora: O ideal são 6 (seis) refeições diárias e evitar as beslicadas fora desses horários.

3. Oferecer comida como recompensa: "...coma toda a sopa para ganhar a sobremesa..."  Passa a idéia de que tomar sopa não é bom e que a sobremesa é o máximo.

4. Ameaçar castigos para quem não cumpre o combinado: "...Se não comer a salada, não vai ganhar presente..."

5. Brincadeiras na mesa: hora de comer é hora de seriedade; evitar fazer aviãozinho. Muito mimo é sinônimo de muita manha.

6. Ceder ao "primeiro não gosto disso";  A criança tem uma tendência para não gostar de uma comida que nunca provou. Cada um pode comer o que quiser, mas, pelo menos, experimentar não custa nada.

7. Substituir refeições: não quer arroz e feijão, então toma uma mamadeira. Esse erro é muito comum, e se a criança conseguir uma vez, vai repetir essa estratégia sempre.

8. Tornar a ida a uma lanchonete, um programão. A comida de casa fica meio sem graça.

9. Servir sempre a mesma comida: a criança só toma iogurte, então passa o dia todo comendo iogurte. Vai enjoar, vai faltar nutrientes, vai faltar fibras.

10. Dar o exemplo negativo; não adianta mandar a criança tomar só sucos se, diante da criança, o adulto somente beber refrigerantes.

Autora deste texto: Dra CINTIA CERCATO- Médica Endocrinologista do Grupo de Obesidade e Doenças Metabólicas do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.