JURA EM PROSA E VERSO

CURIOSIDADES

A ARTE DE COMER FORMIGAS

Editor do UOL Tablóide ensina a arte de comer formigas

PEDRO CIRNE

Em Bancoc (Tailândia)

Comer a culinária local faz parte do programa de uma viagem. Ajuda a conhecer a cultura. Pizza. Vatapá. Hambúrguer. Formiga. Epa. Formiga? Sim...

Pedro Cirne/UOL

O simpático vendedor de petiscos

Há nas ruas da capital tailandesa, Bancoc, carrinhos que vendem petiscos exóticos ao olhos ocidentais. Formigas, baratas, larvas, gafanhotos. Exóticos, mas uma vez que você está lá não custa nada prová-los, certo? Principalmente, é claro, se você tiver estômago forte. Bem forte.

A primeira coisa a fazer é comprar um saquinho da iguaria que parecer menos feia ao seus olhos. Uma bela porção de formigas, por exemplo, custa apenas 20 bahts (cerca de R$ 5, um pouco mais caro que um remédio contra azia e má digestão).

Pedro Cirne/UOL

As baratas e as formigas

Quando tiver o petisco em mãos, procure um lugar para se sentar. Um barzinho, de preferência, aí você acomoda-se e pede um acompanhamento etílico. Ao pedir a bebida, lembre-se de que este é um programa cultural e algo da casa seria perfeito. No caso de Bancoc uma cerveja tailandesa seria o ideal. Se a cerveja vier com acompanhamento, ótimo. Se o acompanhamento não tiver cara de quem esteve arrastando-se no jardim poucas horas antes, então, melhor ainda.

Pedro Cirne/UOL

Acompanhamento imprescindível

A cerveja chegou. Com amendoins. Tome um gole para comemorar. Retire um punhadinho de formigas do saco e coloque-os na boca imediatamente, sem olhar. Caso cometa o erro de ficar olhando o que você vai comer, dançou. Vai acabar devolvendo para o saquinho, inevitavelmente. Aconteceu contigo? Sem problemas, tome mais um gole da cerveja.

Respire fundo e pegue mais algumas formiguinhas. Não as apalpe - elas certamente estão mortas, por mais que você duvide, e isto vai acabar fazendo com que as devolva ao pacote. Xi, ficou apalpando e as escondeu no pacote com cara de pânico? OK, mais um gole de cerveja. Ela é sua amiga e está aí para isso.

Se sentir que está enrolando demais para começar a degustação, pegue um pouco de formiga e misture no amendoim. Este ato disfarça o aspecto do petisco a ser provado e deixará um pouco de gosto de formiga na ponta dos seus dedos. Prove. Viu? É salgadinho. Agora, mais um golinho de cerveja cairia bem.

Quando o garçom passar, aproveite para perguntar se há algum banheiro por perto. Sei lá, talvez você precise. Depois da resposta do garçom, qualquer que seja ela, mais uns golinhos de cerveja.

Reparou que você está sentindo calor? É, Bancoc é quente. Mude de mesa para alguma mais próxima do ventilador e aproveite para tentar deixar cair uma ou duas formigas. Droga, não caiu nada? Tudo bem. Termine a cerveja e peça outra. Não faça nenhum movimento brusco até a próxima chegar.

Pedro Cirne/UOL

Agora é só comer

Está tudo pronto? Então tome mais um gole da cerveja nova, respire fundo, feche os olhos, coloque um bom bocado de formigas na mão e... Mastigue o mais rápido que puder. É crocante, viu? Quando você apalpou, parecia macia, mas é crocante e salgadinha, o que te faz lembrar da cerveja. Abra os olhos e beba dois copos seguidos sem culpa.

Agora encoste o corpo na cadeira e relaxe. Isso... Mas tem alguma coisa incomodando, não? Sim, ficaram muitos pedacinhos de formiga na sua boca. É natural. Você pode tentar removê-los com a língua ou tomar mais um copo. Aconselho a segunda opção.

Agora, olhe para o saco de formigas. Você não comeu nem um terço dele. Você gastou 20 baths, certo? Então, peça a terceira garrafa e respire fundo.

Chegou a garrafa. O próximo copo leva à seguinte pergunta: "Por que tanta cerimônia? Afinal, sou um homem ou um rato?" Depois de outro copo, mais pensamentos: "Um homem, é claro. Um rato não reclamaria de um banquete desses. Aliás, por que diabos eu estou comendo isso?" Filosofia de boteco não costuma levar a lugar nenhum, então tome mais um copo e deixe de pensar pelos próximos 20 minutos, por favor.

Quando você menos espera, perceberá que o saco já acabou. Fantástico, não? E não doeu nada. Por enquanto, claro. Mas você se saiu bem, estou orgulhoso. Peça a saideira e sinta o prazer de beber com o dever cumprido. E, se quiser um aparetivo para acompanhar, lembre-se: o saquinho de baratas também custa só 20 bahts