JURA EM PROSA E VERSO

CONHEÇA ALAGOINHAS/BAHIA

NOME DA CIDADE:

ALAGOINHAS

ANO DE INSTALAÇÃO:

1852

ALTITUDE:

132 METROS

Nº DE VEREADORES:

11

ÁREA TERRITORIAL

733,97 kM2

POPULAÇÃO: (Em 2003, estimada pelo IBGE)

134.162 habitantes

ELEITORES POR KM2

117,66

ZONAS ELEITORAIS

2

LOCAIS DE VOTAÇÃO

29

SEÇÕES ELEITORAIS

243

EVOLUÇÃO DO ELEITORADO

1988 = 59.385 1989 = 60.902 1992 = 64.379 1994 = 68.109 1996 = 74.336
1998 = 79.037 2000 = 80.861 2002 = 83.302 2004 = 86.359

 

TÓPICOS DA HISTÓRIA DE ALAGOINHAS

Até o ano de 1727, Alagoinhas pertencia a Inhambupe, que era um distrito de Sergipe. Foi aí que no mesmo ano com a lei 442 conhecida como Lei Provincial, Inhambupe se libertou de Sergipe e passou a Capitania da Bahia.

Em 16.06.1852, Alagoinhas passou a Província, no entanto um ano depois, exatamente em 2 de julho de 1853, Alagoinhas teve seu assentamento como Cidade.

Os primeiros habitantes de Alagoinhas foram: os imigrantes portugueses e os mascateiros.

A igreja dos jesuítas é datada do século XIX.

O local onde encontra-se a igreja velha, chamava-se Fazenda Ladeira.

O Município de Alagoinhas iniciou-se em Alagoinhas Velha, principalmente com a chegada da BR em 1920. Foi neste mesmo ano que veio a linha férrea e todos desceram a colina para dar início ao grande desenvolvimento de Alagoinhas.

No ano de 1920, houve um grande progresso em Alagoinhas. Até a igreja de Santo Antonio, iniciou sua construção e teve início também, a construção das estradas e das oficinas.

As principais famílias de Alagoinhas são: os Bastos, os Cravos, os Maias, os Dóreas, os Biões, etc. Vale ressaltar que Pedro Rodrigues Bastos e seu sobrinho Inácio Pasqual Bastos, foram os maiores responsáveis pelo progresso