JURA EM PROSA E VERSO

BIOGRAFIAS DE PESSOAS FAMOSAS

THOMAS MANN

(Falta pesquisar sobre sua vida maçônica)

Thomas Mann

MAÇOM FAMOSO
(1875 – 1955)
THOMAS MANN nasceu em 1875, em Lübeck (Alemanha), filho de um alemão e de uma brasileira. Após a morte de seu pai, em 1891, muda-se para Munique, onde freqüenta a universidade local.
Depois de trabalhar num escritório de seguros, passa a dedicar-se à literatura. Seus primeiros contos foram reunidos em O Pequeno Senhor Friedemann (1898). Em 1901, sai - com enorme impacto - o romance Os Buddenbrooks, baseado na decadência de sua própria família. Em 1912, ele lança a novela Morte em Veneza. A Montanha Mágica é de 1924; confirmou a reputação de Mann como um dos escritores de maior arrojo filosófico na modernidade. Cinco anos depois, ele receberia o Prêmio Nobel de literatura.
Em 1933, quando Hitler se torna chanceler, o escritor muda-se para a Suíça e passa a editar um jornal de resistência. Depois de escrever uma tetralogia de romances condenando o racismo e o anti-semitismo, muda-se para Nova Jersey (EUA), dando aulas na Universidade de Princeton. Em 1947 sai Doutor Fausto, um dos maiores romances jamais escritos sobre a arte da música. Thomas Mann volta à Suíça em 1952, onde morre em 1955.


Fonte: http://educacao.uol.com.br/biografias/ult1789u124.jhtm
Cartaz do filme Morte em Veneza, dirigido por Luchino Visconti, baseado do livro de mesmo título de Thomas Mann.
28 de agosto de 2010
Ano 5 – edição 259