JURA EM PROSA E VERSO

BIOGRAFIAS DE PESSOAS FAMOSAS

Francis Crick

O cientista ganhador do Prêmio Nobel Francis Crick, que ao lado de James Watson descobriu a estrutura de espiral dupla no DNA, abrindo caminho para a moderna genética, morreu na quinta-feira, 29 de julho de 2004, aos 88 anos de idade. Crick morreu no Hospital Thornton da Universidade da Califórnia em San Diego. Ele sofria de câncer.

Crick, então de 36 anos, e Watson, de 24, trabalhavam no Laboratório Cavendish da Universidade de Cambridge em 1953 quando descobriram a dupla hélice, a estrutura molecular do DNA, uma descoberta que, na época, segundo Crick, apenas um pequeno grupo "pensou que poderia ser interessante".

Em artigo publicado na revista Nature em 25 de abril de 1953, Crick e Watson explicaram que o DNA tem uma complexa estrutura helicoidal que "sugere de imediato a possibilidade de um mecanismo de cópia para o material genético". Os cientistas descobriram então que a estrutura em dupla hélice do DNA resolvia perfeitamente a questão da replicação dos genes, anterior à divisão celular. Mas esse achado gerou polêmica, pois "se esqueceram" de citar a informação valiosa conseguida por uma cientista do King's College de Londres, Rosalind Franklin. Franklin foi quem, mediante técnicas de raios X, deduzira que as bases nitrogenadas que faziam parte da composição do ácido nucléico deviam estar em uma estrutura helicoidal, e inclusive tinha calculado vários parâmetros da hélice, como a distância e o período de repetição.

Cinqüenta anos mais tarde, a indústria da biotecnologia, dos testes de paternidade à soja transgênica, baseiam-se na descoberta da dupla, agraciada com o Nobel de Medicina em 1962.

Pequena biografia de Francis Crick

A descoberta da estrutura em forma de dupla hélice da molécula do DNA é considerada uma das grandes conquistas científicas do século 20.

Francis Harry Compton Crick nasceu em 8 de junho de 1916 na cidade britânica de Northampton. Seu pai era dono de uma fábrica de sapatos.

Quando realizou a descoberta que lhe tornou célebre, tinha 38 anos e ainda estava estudando para obter o título de PhD em Cambridge.

Em 1977, Crick mudou-se para os Estados Unidos, onde assumiu uma posição criada especialmente para ele fazer pesquisas no Instituto Salk para Estudos Biológicos, em San Diego.

"Francis Crick será lembrado como um dos mais brilhantes e influentes cientistas de todos os tempos", disse o presidente do Instituto Salk, Richard Murphy.