JURA EM PROSA E VERSO

BIOGRAFIAS DE PESSOAS FAMOSAS

Betinho

 

Herbert José de Souza, sociólogo mineiro, nasceu em Bocaíuva no dia 3 de novembro de 1935 e faleceu dia 14 de agosto de 1997).

Nos anos 60, ajuda a fundar a Ação Popular (AP), movimento que luta pela implantação do socialismo no Brasil.

Após o golpe militar de 1964, passa sete anos na clandestinidade e oito no exílio.

Volta ao país em 1979 e cria o Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas (Ibase).

Ganha, em 1991, o Prêmio Global 500, do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Unep), por sua luta em defesa da reforma agrária e dos indígenas.

 Em 1993, funda a Ação da Cidadania contra a Miséria e pela Vida, que, sem a ajuda do governo, distribui alimentos à população carente.

No governo Fernando Henrique, torna-se membro do Conselho da Comunidade Solidária, que substitui a Fundação Legião Brasileira de Assistência (LBA).

Hemofílico e portador do vírus da Aids, como seu irmão cartunista Henfil (1944-1988), escreve A Cura da Aids, no qual afirma que a cura da doença é questão de tempo.

Em 1995, a Ação da Cidadania passa a priorizar a luta pela democratização da terra como forma de combater a fome e o desemprego.

Morre em conseqüência de hepatite C, contraída em transfusão de sangue.